O que é a volta às aulas e o que é o "novo normal"???



Amanhã, pelo menos na cidade de São Paulo, é a data autorizada para as escolas reabrirem.


Essa reabertura é cercada de regras... tem uma determinada porcentagem de alunos permitida no espaço, uma limitação no número de horas que o aluno pode ficar dentro da escola e regras também sobre as atividades permitidas lá dentro.


Com essa pequena introdução, percebe-se facilmente, que as aulas não estão voltando e que de normal isso não tem NADA certo?


Pois é, mas venho percebendo que muitos, talvez devido ao esgotamento emocional, se auto-decretaram no "novo normal"!


Só que existe um pequeno ENORME detalhe.... ainda estamos na PANDEMIA!


Pois é! AINDA!


"Novo normal" será a nossa realidade DEPOIS que a contaminação e mortes reduzirem bastante em todo o planeta. Quando sair um remédio, um tratamento específico, quando uma vacina provar eficácia e o planeta for vacinado entre muitas outras coisas. Só depois que TUDO isso passar é que vamos voltar à vida que esse vírus nos arrancou. Só depois que TUDO isso passar é iremos conhecer esse famoso "novo normal"...


Será o nosso dia a dia sem o uso obrigatório das máscaras, mas sabendo os benefícios e quem sabe adotando em determinados momentos... é entender que quando se está resfriado, espirrando, tossindo, ou com febre, se deve proteger o outro, se distanciar para que mais ninguém pegue o que você tem...


O "novo normal" virá quando estivermos vivendo como vivíamos, prestando atenção nas coisas que a pandemia nos ensinou... mas ele ainda não chegou.


Estamos na pandemia tentando achar espaço para continuar a sobreviver, olhando para todos os outro milhões de doenças e problemas que não deixaram de existir e todos os tantos outros que vieram junto com esse pesadelo.


As aulas NÃO voltaram!


As escolas foram autorizadas a abrir para acolher os alunos com atividades extra curriculares, esportes e reforço.


Cada um encara essa reabertura de uma forma e todos tem seus motivos.


A definição de CERTO e ERRADO em relação às estratégias definidas pelos seres humanos que vivenciaram essa pandemia só sairá daqui alguns anos.


Cada um vai definir o que fazer ou não fazer em 2020 e não merece ser julgado.


O que temos TODOS que fazer, é não esquecer que a pandemia não passou!


A medicina já avançou bastante, cada dia que passa, o mundo dá mais um passo nas pesquisas, nas descobertas...


Hoje, ainda não há vacina para tomar em nenhum lugar do mundo, não há nem remédio e nem tratamento ESPECÍFICO para a doença que esse vírus causa, não existe definição de todos os sintomas e nem de tudo que o vírus consegue atacar... cada dia descobrem mais detalhes.


Hoje, no Brasil, ainda morrem mais de 600 pessoas por dia só dessa doença!


Morre aquele com o tal pré existente, morre o mais velho... mas também morre o sem pré existente e também o mais novo super saudável.


Não acharam as respostas ainda... infelizmente.


Seguimos no risco, seguimos perdendo amigos e parentes.... e não se sabe até quando.


Os isolamentos mais restritos adotados pelos diferentes países, teve o intuito de desacelerar a contaminação. SÓ ISSO!


O isolamento não acabou com o vírus, não nos deixou imunes e nem garantiu que ninguém se contaminasse.


Sair do isolamento é voltar a correr mais riscos, não é a inauguração do "novo normal"!


Precisamos agir em grupo! Precisamos nos ajudar! Mais do que nunca, precisamos uns dos outros!


Precisamos EVITAR o desnecessário!!!!!


Estamos vivendo um ano de sobrevivência no planeta! Temos que continuar a nos proteger para sobreviver até alcançar uma solução para esse problema.


Se proteger significa o que não aguentamos mais ouvir:


- USAR MÁSCARA

- LAVAR AS MÃOS

- DISTANCIAMENTO SOCIAL

- EVITAR AGLOMERAÇÕES


Saia do seu isolamento dentro do que é necessário, essencial.

Pense nas consequências caso você se contamine.

Toda atitude tem desdobramentos.

Pense no outro para que o outro pense em você.


Uma dica é: toda vez que for fazer alguma coisa, reflita se precisa mesmo, se não dá pra adiar, substituir.....


Priorize a sua saúde, lembre-se que o vírus não fez desaparecer todas as outras doenças. Realize seus exames de rotina, suas consultas de prevenção. Retome seus tratamentos. Para garantir a saúde é sim necessário se arriscar.


Existe a saúde física e a emocional... preste atenção em você e em sua família... estamos todos em frangalhos...


Para mandar seu filho para a escola, pense no outro, continue se protegendo para ser protegido. Faça o seu máximo para que esse pequeno respiro para as crianças, tão necessário para muitas que estão adoecendo, seja ao máximo protegido.


Vamos nos cuidar, nos olhar...nos amar!


Isso é o que está ao nosso alcance!


Precisamos disso!


tati






*clique AQUI para mais textos de Tati Montenegro.




© 2020 - Eu não anoto nada - por Tati Montenegro

  • Facebook ícone social
  • YouTube
  • Instagram
  • Pinterest