Por Escrito digo coisas que não Falo




Hoje é dia de #tbt e eu resolvi publicar toda quinta - feira, um texto da "primeira fase" do EU NÃO ANOTO NADA.


Hoje escolhi um texto que gosto muito da Maria Tereza De Iuliis ... com vocês:


"Por Escrito digo coisas que não Falo"


Só envio WhatsApp escrito, quase não falo ao telefone, celular ou fixo, uso o Skype apenas em algumas ocasiões, para falar com minha família que mora longe.


De maneira geral, vivo uma vida por extenso.


Tem gente que gosta de falar, eu prefiro escrever . Enquanto escrevo, me organizo. Enquanto escrevo, percebo detalhes que não tinha conseguido notar porque a minha cabeça estava um nó, um emaranhado de pensamentos confusos que poderiam ser facilmente descartados. Enquanto escrevo, vou traçando novos planos.


Quando falamos, muitas vezes, falamos besteira. Assim, sem pensar, muito rápido. No calor do momento, no impulso do coração. Mas quando escrevemos, pensamos nem que seja só por um segundo - para organizar como será escrito - e mesmo que ainda assim saiam algumas besteiras, não tem ninguém te olhando, não podem te julgar, você não precisa enfiar a cara num buraco por se abrir demais. No máximo, ao final, jogar o papel no lixo. Ou o arquivo na lixeira do computador.


“Se me disseres que me amas, acreditarei. Mas se escreveres que me amas, acreditarei ainda mais. Se me falares da tua saudade, entenderei. Mas se escreveres sobre ela, eu a sentirei junto contigo. Se a tristeza vier a te consumir e me contares, eu saberei. Mas se a descreveres no papel, o seu peso será menor” (Desconheço a autoria).


E assim são as palavras escritas: possuem um magnetismo especial, libertam, acalentam, invocam emoções. Elas possuem a capacidade de, em poucos minutos, cruzar mares, saltar montanhas, atravessar desertos intocáveis.


Muitas vezes, infelizmente, perde-se o autor, mas a mensagem sobrevive ao tempo, atravessando séculos e gerações. Elas marcam um momento que será eternamente revivido por todos aqueles que as lerem.


“Quem escreve constrói um castelo, e quem lê passa a habitá-lo” (Desconheço a autoria).


Boa semana e até a próxima!


*Maria Tereza Ferreira De Iuliis (Teka) começou a escrever para o EU NÃO ANOTO NADA em 2013


© 2020 - Eu não anoto nada - por Tati Montenegro

  • Facebook ícone social
  • YouTube
  • Instagram
  • Pinterest