top of page

Terra à Vista



Quando não consigo me encontrar tento pisar no chão descalça

Respiro agradeço e sorrio

Tudo parece passar

Quando o que passa

Não deveria ficar

As vezes a Terra parece tão distante

Uma névoa

Uma fumaça

Espessa

Quase incolor

Um mormaço

Que abraça

Sem dividir

As palavras

Que eu deveria

Ouvir

E eu pulo fujo

Corro

Chego ao alcance

Daquilo

Que nunca foi


Lu Bolliger

Dez 2023


Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page