top of page

Verdade verdadeira




"When you´re young you believe there will be many people you´ll connect with. But, later in life you realize it only happens a few times". Frase do filme "Before Midnight", de uma trilogia (Os outros filmes são "Before Sunrise" e "Before Sunset") do diretor Richard Linklater, protagonizado pelo Ethan Hawke e a Julie Delpy. Continuo conhecendo pessoas e fazendo novos amigos mas sempre digo para quem é mais jovem que as amizades duradouras mesmo são as que construímos na infância, adolescência e começo da vida adulta. Pra dar uma esticadinha, vamos até por volta dos 30 anos. Deve ajudar o fato desses amigos antigos terem vivido momentos marcantes das nossas vidas, fases que acumulam conquistas e mudanças. Mas mesmo que o tempo passe, que eu tenha mudado de cidade duas vezes e uma vez de país, sei que esses amigos de verdade vão estar sempre lá, onde quer que seja. E que encontrá-los será sempre bom, não haverá estranhamento nem silêncios. Será sempre como voltar a ser a pessoa que eu era quando convivíamos, mesmo que haja muitos anos a nos separar. Quem vive fora do seu "lugar emocional" sabe do que estou falando. O meu lugar é São Paulo e sempre será. Por mais que já não queira voltar a morar lá. Cada aterrissagem em Guarulhos ou Congonhas me dá sempre um friozinho na barriga. Sei que estarei com a minha família e com meus amigos de "sempre". Que terei que viver loucamente e intensamente para cumprir a agenda insana. Que irei comer muito mais do que deveria. Que irei ver os defeitos da cidade com os olhos que só quem não vive lá consegue ver. Mas também terei acarinhamento por toda parte, cheiros e memórias visuais passando por mim o tempo todo. Vontade de ficar mais um pouco. Voltando ao início desse texto, não desprezo nem desvalorizo os novos amigos que a vida foi colocando no meu caminho. Sou grata por todos eles. Mas a quantidade de "amigos de passagem" que se acumulam após uma certa idade é enorme. Pessoas com quem você chega a pensar que tem alguma conexão mas como diz a música, é só vento passageiro! Na verdade, assim como os relacionamentos à dois, acho que com o tempo também perdemos a paciência em insistir no que está dando trabalho, nas amizades de mão única, quando só você liga ou manda mensagem pra pessoa. Então, perde-se a conexão. A vida passa rápido e prefiro priorizar com quem passo meu precioso tempo. Seja presencialmente ou mesmo mandando mensagens, áudios, e fazendo ligações. Quanto tempo eu gasto em conversas virtuais! A maioria desse tempo, com os tais contatos raros que se faz até certa idade. Não perco mais tempo me dispersando com amizades superficiais, se ceder meu tempo pra elas, perco tempo com quem merece de verdade. Aposto que quem chegou até aqui deve estar fazendo as contas sobre os próprios amigos! :-)


Maria Tereza De Iuliis

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page