top of page

Mal do Humor



Todos nós já nos deparamos na vida com os famosos mal humorados, pessoas de difícil convívio e relacionamento.


Já pensaram alguma vez que o “mal do humor” pode ser um transtorno da mente humana?

Pois bem, estamos diante da DISTIMIA.


A distimia é um tipo de depressão crônica, que aos poucos vai se instalando na pessoa, de grau leve, porém constante, fazendo com que ela tenha um elevado senso de autocrítica e uma baixíssima autoestima. São conhecidas por enxergarem apenas o lado negativo de todas as coisas. Nada está bom!


Os distímicos são rotulados como pessoas de temperamento complicado ou de difícil convivência e por vezes passam uma vida solitários ou sendo rejeitados.

O mau humor é a caraterística predominamente na distimia, faça chuva ou sol, seja noite ou dia. O desânimo, tristeza, irritação, pensamentos negativos também fazem parte do dia a dia do distímico.


Como a pessoa passa ser rejeitada nos círculos de amizade, rodas sociais e afins, ela entra em isolamento e adota o comportamento de evitar determinadas situações para não ser rechaçada.


Outras passam a fazer uso de drogas ilícitas ou álcool para que usufruam do poder da desinibição e possam ser aceitas nos grupos sociais.


O diagnóstico deve ser feito pela análise dos sintomas e tempo de existência dos mesmos (mais de 2 anos) e o psiquiatra é o médico indicado para tal diagnóstico.


O tratamento deve ser realizado com associação do tratamento farmacológico e psicoterapia para que o indivíduo aprenda novas possibilidades de reagir e estabelecer relações interpessoais.


Não é uma tarefa fácil convencer um distimico a se tratar, pois ele sempre atribuirá os sintomas que vem apresentando às suas proprias características pessoais (“Sempre fui desse jeito”).


Faça sua parte, ajude o distímico achar as cores do arco-íris.


Tome uma atitude caso conheça alguém com essas características. O mundo colorido é bem mais legal!


Bjokas


Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page