top of page

Pareidolia



Com tantas mudanças climáticas, decidi escrever sobre a pareidolia e o amor, dois temas tão diferentes, mas que podem nos levar a ver coisas incríveis!


Afinal, quem nunca olhou para uma nuvem ou até mesmo para o oceano e viu um símbolo? Ou encontrou um rosto sorridente em uma torrada queimada?

A pareidolia é esse hábito que temos de encontrar padrões e formas reconhecíveis em objetos aleatórios. É como se nosso cérebro estivesse sempre procurando por algo familiar, até mesmo nas coisas mais inusitadas.


E quando se trata de amor, bem, ele também tem o poder de nos fazer ver coisas que talvez não estivessem lá.

Quando estamos apaixonados, tudo ao nosso redor parece ganhar um brilho especial. Um simples olhar pode se transformar em um convite para dançar, um sorriso pode ser a promessa de um futuro cheio de risadas e abraços.


É como se o amor nos desse uma lente mágica, capaz de transformar o comum em extraordinário.

E não é só isso, a pareidolia e o amor também têm algo em comum: ambos nos fazem enxergar além das aparências. Assim como vemos formas em objetos, o amor nos permite ver a essência das pessoas, suas qualidades e peculiaridades.


É como se o coração tivesse uma visão especial, capaz de enxergar além do que os olhos podem ver.

Deixo aqui o meu convite para que você olhe ao seu redor e encontre formas engraçadas nos objetos, mas também olhe para as pessoas ao seu lado e encontre motivos para amá-las.


Afinal, a vida está cheia de surpresas e descobertas, basta ter um olhar atento e um coração aberto.

E assim, entre risadas e suspiros apaixonados, a pareidolia e o amor se encontram, nos mostrando que a vida pode ser muito mais divertida quando aprendemos a ver o extraordinário no cotidiano.

Afinal, o amor está em todos os lugares, basta saber enxergá-lo.


Fernanda Papa de Campos

Kommentare

Mit 0 von 5 Sternen bewertet.
Noch keine Ratings

Rating hinzufügen
bottom of page