top of page

SOLUÇÃO LÍQUIDA



QUANDO AS PALAVRAS DORMIAM ELA AINDA ESTAVA ACORDADA

E QUANDO AS PALAVRAS ACORDAVAM ELA ADORMECIA

E COMO TODO VERBO É AÇÃO

ENQUANTO SONHAR

ERA SÓ SONHO

ELA SONHAVA QUE

ESCREVIA

E QUANDO DESPERTAVA

VIA QUE SUAS

PALAVRAS NÃO

ESTAVAM EM BOA COMPANHIA

UMA LUZ APAGAVA

OUTRA SURGIA

MAIS UM DIA

ALGUMAS HORAS

DEZENAS DE MINUTOS

CENTENAS DE SEGUNDOS

MILHARES DE PALAVRAS

E MAIS ALGUMAS

ENCAIXAVAM-SE

COMO CASAL

ANTES DE CASAR

CONCHINHA

ELA PODIA SENTIR

SEM TOCAR

PALAVRAS E MAIS

PALAVRAS

PALAVRAS QUE VINHAM

QUE IAM

INVENTADAS


INVADIAM

SEU AR DEVAGAR

SURGINDO DO NADA


ERA PRECISO RESPIRAR

ERA PRECISO

ERA PRECISO

TANTA COISA


E PORTANTO

NÃO ERA NECESSÁRIO

PRECISAR


ERA TÃO COMPLEXO

ERA TÃO INTENSO

ERA SUPERFICIAL

ERA JANEIRO

ERA NOVEMBRO

ERA UM TANTO

DE JOIAS SEM CONTEXTO

E UM TERÇO

QUE ORAVA

SOZINHO

ERA ISSO

E MAIS

ERA SOLUÇÃO

QUE NÃO VOLTARIA

ATRÁS


LST

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page